‣ CREATIVE SITE: Desenvolvimento de Sites | Lojas Virtuais | Sistemas Web | Hospedagem de Sites - SOLICITE SEU ORÇAMENTO
Buscar Notícias:
Publicado: 16/03/2017 às 10:58:35
Comissão de Direitos Humanos visita Fundação Casa
Ressocialização de internos foi alvo de diálogo entre instituições
Ampliar o repertório cultural e a reinserção na vida social de menores infratores. São esses os objetivos da unidade de Limeira da Fundação Casa, que recebeu visita da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira, 15. As duas instituições dialogam sobre a possibilidade de buscar parcerias para o desenvolvimento de atividades de ressocialização para os adolescentes. Cultura e esporte são duas das áreas que podem ser intermediadas pelos vereadores junto ao Executivo como fontes de transformação social dos meninos que vivem em privação de liberdade. 

A unidade visitada pelos parlamentares abriga 65 adolescentes, dos quais 15 estão em internação provisória, aguardando decisão judicial, e outros 50 já foram sentenciados a cumprirem medidas socioeducativas. São meninos com idade entre 14 e 18 anos, que cometeram atos infracionais. Pelo menos 75% deles estão internados por envolvimento com tráfico de drogas. Na internação eles seguem uma rotina que envolve atividades pedagógicas, recreativas e religiosas - tudo com o objetivo de prepará-los para o retorno ao convívio em sociedade. Contudo, os muros altos, grades e alambrados são apenas entraves simbólicos que separam os adolescentes da vida fora da Fundação Casa.
 
Para o diretor da unidade Casa de Limeira, André Amaral Maia, o preconceito e a falta de perspectiva são os maiores obstáculos para que os internos vivenciem uma realidade distante das situações de criminalidade e violência. “Eles precisam saber que o mundo lá fora pode ser bem maior”, disse Maia, ao defender a importância de parceria com o Município para inserção dos meninos em atividades externas, em contato com a população. Segundo ele, há garotos que sequer conhecem uma sala de cinema. 

Direitos

Durante a visita à estrutura da Fundação, os vereadores do colegiado Dra Mayra Costa (PPS), presidente; Clayton Silva (PSC), vice-presidente; Estevão Nogueira (PRB), secretário; e Carolina Pontes (PSDB), membro; levantaram as necessidades da unidade para que o trabalho externo de ressocialização seja ampliado. A participação em atividades culturais e em palestras educativas, além da prática esportiva foram algumas das alternativas tratadas pelos vereadores para melhoria da dignidade dos internos. 

“Buscaremos uma intermediação entre a Fundação e as secretarias de Cultura e de Esporte para que esses meninos possam ter acesso aos recursos oferecidos pelo Município. O objetivo é diminuir o preconceito que há com esses menores e reintegra-los à sociedade”, explicou a presidente da Comissão, Dra Mayra Costa. A convite do colegiado, a visita contou com a presença de Edson de Jesus, diretor de Patrimônio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Também acompanharam os parlamentares as funcionárias da unidade Casa, Gabriela de Godoy, coordenadora pedagógica; e Jessica Lopes, encarregada técnica da instituição.

O assunto será colocado em debate entre os vereadores na próxima reunião da Comissão de Direitos Humanos, que ocorre nesta quinta-feira, 16, na Sala de Reuniões do Legislativo.
Crédito(s) Foto(s): Bruna Carvalho
Fonte: Núcleo de Imprensa - Câmara Municipal de Limeira
Notícias Recentes
Comissão de Direitos Humanos visita Fundação Casa
Página anterior
Cordero Virtual - Notícias do Brasil e do Mundo - 2001-2017
Não temos nenhuma responsabilidade por qualquer conteúdo publicado neste site nas quais são citadas as fontes ou assinados.
Proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem a devida autorização.
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais