‣ CREATIVE SITE: Desenvolvimento de Sites | Lojas Virtuais | Sistemas Web | Hospedagem de Sites - SOLICITE SEU ORÇAMENTO
Buscar Notícias:
Publicado: 29/12/2016 às 18:29:50 - Alterado dia: 29/12/2016 às 18:42:55
Prédio da Câmara Municipal de Cordeirópolis voltará a abrigar os trabalhos legislativos
Solenidade de entrega da reforma ocorreu na noite de ontem
Enfim, depois de quatro anos, o prédio da Câmara Municipal de Cordeirópolis voltará a ser ocupado. Ontem, em solenidade, foi feita a entrega da reforma do Edifício "Dr. Cássio de Freitas Levy". Porém, antes de transferir todas as atividades legislativas para o imóvel é necessária a obtenção do AVBC (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). Esse processo já está em andamento. "E não existe nenhum impedimento para que possamos obter a autorização", observa o presidente do Poder Legislativo, David Bertanha (PPS).
As obras foram iniciadas em julho deste ano, e duraram cinco meses. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 1,05 milhão - considerando os valores do projeto de arquitetura, reforma e um aditamento. A liberação para as obras foi dada, pela Justiça, em fevereiro do ano passado. Antes disso, os trâmites foram burocráticos - pedidos judiciais e vistoria feita pelo Ministério Público. Vale lembrar que a interdição do prédio ocorreu em agosto de 2012 por determinação da Justiça. 

Nada mudou em relação ao projeto original. A não ser a colocação de uma estrutura metálica para conter as águas pluviais. Do restante foram os reparos. Os principais deles foram feitos no plenário - piso e forro foram totalmente substituídos. O espaço tem capacidade para abrigar 230 pessoas sentadas. Além disso, foram executados serviços de pintura em todas as dependências.
Agora, com a entrega da reforma, a cerimônia de posse dos novos vereadores de Cordeirópolis ocorrerá no local. Será dia 1º de janeiro de 2017, às 10h30. Já a ocupação e transferência de todas as repartições da Câmara Municipal serão adotadas pelo novo presidente, o qual será eleito no próximo domingo. "Vamos sair deixando tudo em condições habitáveis", diz David. Serviços, como, instalação de móveis e limpeza dos mesmos já foram iniciados.
Para o presidente do Legislativo, a ocupação das dependências, agora reformadas, trará economia. "Os gastos com alugueis não existirão mais", fala. E não foi pouco esse gasto desde agosto de 2012. Para manter suas atividades em funcionamento, a Câmara precisou alugar uma casa para vereadores e assessores; e outra para as tarefas administrativas. Essa última mais recentemente - desde novembro do ano passado. Mensalmente, esses dois alugueis giram em torno de R$ 5,3 mil. "E não é só isso. Desde a interdição, os funcionários tiveram que se adaptar às condições, muitas vezes, nada confortáveis. Quando da ocupação do subsolo, o espaço era pequeno, nada confortável e em dias de chuva havia um transtorno gigantesco. Salas eram inundadas", lembra David. "Agora, tudo volta à normalidade."

Histórico

O prédio da Câmara de Vereadores de Cordeirópolis foi inaugurado em dezembro de 2010, mas só foi ocupado cinco meses depois. O investimento na obra foi de aproximadamente R$ 4 milhões. Em agosto de 2012, a Justiça decretou sua interdição. No entanto, a liberação para reforma ocorreu em fevereiro do ano passado. Foram abertas, então, duas licitações para colocar o prédio novamente em funcionamento - projeto de arquitetura e execução dos serviços. "Esperamos agora a conclusão do processo na Justiça e que as empresas, da época da construção, sejam responsabilizadas e os cofres municipais ressarcidos", aponta David. Isso porque todo investimento para reforma saiu do orçamento do Poder Legislativo.
Crédito(s) Foto(s): Alberto Tiyo
Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Cordeirópolis
Notícias Recentes
Prédio da Câmara Municipal de Cordeirópolis voltará a abrigar os trabalhos legislativos
Página anterior
Cordero Virtual - Notícias do Brasil e do Mundo - 2001-2017
Não temos nenhuma responsabilidade por qualquer conteúdo publicado neste site nas quais são citadas as fontes ou assinados.
Proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem a devida autorização.
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais