‣ CREATIVE SITE: Desenvolvimento de Sites | Lojas Virtuais | Sistemas Web | Hospedagem de Sites - SOLICITE SEU ORÇAMENTO
Buscar Notícias:
Marcelo Sguassábia
Coluna: Consoantes Reticentes
Publicado: 18/02/2017 às 09:04:23
Pour Elise - A Gestação
I
- Sr. Beethoven, temos que admitir que seu nome chegou até nós não só pelo inegável talento musical. Também soubemos que está sempre precisando de dinheiro, para ir remediando seus problemas de surdez. Certo?
- Hein? Pode repetir? Espera aí, deixa eu colocar minha trombeta de ouvido. Ah, agora sim. Prossiga. 
- Um dinheirinho extra, Ludwig, um freela. O que me diz?
- Opa, aí sim. Sempre dá um gás no orçamento, né.
- Pois gás, justamente gás, é a palavra. Gosto de gente com intuição apurada, creio que vamos nos dar bem.


II


- Tem que ser algo suave para não irritar as pessoas, porém marcante o suficiente para alertar a vizinhança que o caminhão de gás está nas imediações. 
- É preciso muita habilidade para isso... juntar essas duas coisas não vai ser nada fácil.
- Por isso viemos atrás de um gênio. Conhecemos seu portfólio, Beethoven. Sua campanha "Pão, pão, pão, pão" ficou no ar tanto tempo, não é mesmo? Realmente marcou época. Até hoje, a gente passa pela prateleira do supermercado, vê o tal pão e lá vem a musiquinha na cabeça...
- Musiquinha? Veja como fala!! Aquilo é um tema primoroso, estava guardando para utilizá-lo em uma sinfonia, se o senhor quer saber. Porém, com as contas vencendo e as já vencidas, acabei sacrificando esse meu achado musical por uns míseros tostões. Que renderam bilhões em vendas para o dono da marca.


III


- Está muito chato isso. Fui eu que fiz, mas nem eu estou aguentando. Tenho que compor uma segunda, talvez uma terceira parte, para alternar um pouco com esse tema principal.
- Não, não. Aí fica muito grande. Tem que ser algo curto e fácil de reconhecer, para ficar repetindo mesmo e ser a nossa marca registrada. Controle sua autocrítica, Beethoven. Confie em mim, está ótimo. Lembre-se que o cliente sempre tem razão, não discuta comigo. Tá aqui seu dinheiro.
- Deus sabe o quanto estou precisando de uma grana agora, mas isso não é tudo. Vai dar BO, vão começar a reclamar, o Datena vai chamar ao vivo das ruas cobrindo o protesto dos moradores... aí vão descobrir quem fez a música, e mais cedo ou mais tarde vai sobrar para mim. Não, não. Pegue o seu dinheiro e procure outro compositor.


IV



- Alô.
- Sr. Beethoven?
- Alô!
- Alô, é da residência de Ludwig Van Beethoven?
- Fala mais alto!
- Alô...
- Espera um pouco, deixa eu pegar minha trombeta. Ah, agora sim, prossiga. 
- Sr. Beethoven, vamos direto ao assunto: ouvimos o tema musical que o senhor compôs para a companhia de gás, nos encantamos por ele e queremos saber quanto o senhor quer para nos ceder os direitos exclusivos de utilização. 
- De novo com essa história, assim não dá... Meu amigo, o dono da companhia de gás deve ter lhe dito que eu achei o resultado final enjoativo, que eu reneguei o tema e não aceitei vender a música. Nem para eles, nem para o senhor, nem para ninguém. 
- Por favor, não desligue, escute a minha proposta! Somos do Serviço de Atendimento ao Consumidor de uma grande multinacional, e precisamos de uma música que entretenha o nosso cliente enquanto ele aguarda na linha para falar com nossas atendentes...
Crédito(s) Foto(s): sonsdavida.com.br
Últimos Artigos
Pour Elise - A Gestação
Página anterior
Cordero Virtual - Notícias do Brasil e do Mundo - 2001-2017
Não temos nenhuma responsabilidade por qualquer conteúdo publicado neste site nas quais são citadas as fontes ou assinados.
Proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem a devida autorização.
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais