‣ CREATIVE SITE: Desenvolvimento de Sites | Lojas Virtuais | Sistemas Web | Hospedagem de Sites - SOLICITE SEU ORÇAMENTO
Buscar Notícias:
Marcelo Sguassábia
Coluna: Consoantes Reticentes
Publicado: 12/09/2015 às 13:35:23
Nascido para testar
Não vou negar para vocês: eles pagam bem. Mas nem sempre foi assim. Quando começou essa história de testadores de produtos, a gente simplesmente recebia em casa uma amostra grátis do bagulho, experimentava e dava o parecer. Ficava uma coisa pela outra, o lançamento grátis em troca da avaliação. Depois fomos nos organizando, criamos nossa associação de classe e passamos a cobrar pelo serviço. Só que aí, além de guloseimas, absorventes higiênicos e lâminas de barbear, começaram a mandar coisas como banheirinhas para bebês gêmeos, rojões sem cheiro de pólvora, degoladores de galinha, aparadores de cílios, limpadores de nariz e outras esquisitices.

CAVIAR RUSSO NÃO VEM. O QUE VEM SÃO MULETAS DE FABRICANTES DE ARTIGOS ORTOPÉDICOS.
A primeira ilusão de quem entra para esse mundo nada maravilhoso é pensar que não vai ter que gastar mais nada no supermercado, tamanha a variedade de produtos que irá receber para degustação. Entretanto, as novidades realmente gostosas chegam para teste em quantidades mínimas. Outro dia mesmo recebi o maravilhoso chocolate Bis com sabor de cerejas ao licor, fechadinho em uma sovina embalagem individual. Ou seja, você recebe o Bis, mas sem chance de bisá-lo.

A parte mais chata é o relatório da sua experiência com a coisa. Não adianta querer tapear o fabricante para não ter muito trabalho, dizendo que tudo é ótimo. Eles vão perceber a falta de critério e o braço curto na avaliação. Na recente experiência que tive com um par de muletas, por exemplo, me pediram, além do relatório escrito, o envio de fotos dos dois sovacos após dez e após trinta minutos de uso intensivo, a uma velocidade média de 2 km por hora e alternando o pé de apoio. Em seguida tive que testar um outro protótipo ainda em desenvolvimento inicial, com um sofisticado sistema de amortecedores dispostos entre a muleta propriamente dita e as axilas.

CHOCOLATE COM 90% DE CACAU NÃO VEM. O QUE VEM É ARROZ DOCE PARBOLIZADO PARA MICROONDAS.
Nem em um campo de concentração teriam a coragem de servir uma gosma tão sem graça. Depois de entornar a geleca numa tigela, despeja-se o pozinho com sabor artificial de canela e açúcar, que vem dentro de um sachê parecido com aqueles de tempero de miojo. Liga-se o microondas na potência máxima e depois de três minutos está pronta a iguaria. A foto da embalagem, com aquela cara irresistível de sobremesa de vó, contrasta fortemente com a triste realidade de comida de astronauta com validade vencida. 

SPORT UTILITY 4X4 NÃO VEM. O QUE VEM É VASSOURA COM CERDAS DE TUNGSTÊNIO.
A promessa da vassoura era varrer com eficácia jamais vista, obviamente pela dureza do tungstênio. No test-drive o produto mostrou-se realmente notável, tanto na eliminação da sujeira quanto na eliminação do próprio piso - a vassoura literalmente lixava o meu porcelanato. O justo no caso seria me enviarem alguns metros de piso cerâmico para testar junto com a vassoura, a fim de que o meu prejuízo fosse menor. Fica a dica para a próxima vez.
Crédito(s) Foto(s): ribermedica.com.br
Últimos Artigos
Nascido para testar
Página anterior
Cordero Virtual - Notícias do Brasil e do Mundo - 2001-2017
Não temos nenhuma responsabilidade por qualquer conteúdo publicado neste site nas quais são citadas as fontes ou assinados.
Proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem a devida autorização.
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais
Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais